> > Cuidado com o Sono

Cuidado com o Sono

Uma noite de sono de qualidade é um dos pilares de uma boa saúde, mas, se comparados à alimentação saudável e atividade física, o sono é último da lista de preocupações da maioria das pessoas, isso ocorre pela falta de conhecimento dos malefícios de dormir pouco. Muitas pessoas se sentem prejudicadas quando dormem pouco devido às consequências que se alastram pelo dia todo, irritação, cansaço, baixa produtividade durante todo o dia, falta de disposição, e a dificuldade em se concentrar nas tarefas do dia. Esses sintomas que atrapalham todo o seu dia não são os únicos malefícios que dormir pouco pode trazer para a sua vida, existem vários outros problemas que afetam o funcionamento de vários sistemas do corpo e que pouca gente conhece.

Não importa a idade, desde a infância até a velhice, dormir pouco pode afetar, em muito, de forma negativa no aprendizado, na memória, criatividade, produtividade e estabilidade emocional.  A falta de sono crônica aumenta o risco de doenças cardíacas, de obesidade, de ansiedade e de disfunções sexuais e ainda atrai problemas sérios em diversas outras funcionalidades do corpo como:

  • Coração
  • Pele
  • Sistema imunológico
  • Sistema cognitivo
  • Metabolismo
  • Problemas físicos

Parece exagero dizer que partes tão importantes do corpo são afetadas por noites mal dormidas, mas é verdade! É importante se ater a quantas horas de sono está tendo por noite e qual a qualidade desse sono, para evitar problemas sérios que podem ocorrer. Se necessário, praticar mudança de hábitos para se adequar a uma rotina onde seu sono receba a devida atenção.

Dormir é uma necessidade fisiológica, além de ser o momento que ocorre a reposição das energias, também é durante o sono que vários hormônios atuam para que seu corpo acorde bem no dia seguinte, como o cortisol, que controla os níveis de estresse.

OS MALEFÍCIOS DE DORMIR POUCO

Dormir pouco não permite que o corpo renove suas energias, que o cérebro realize todas suas funções ou que o sistema linfático libere todas as toxinas necessárias para manter o corpo saudável. Quem dorme cinco horas por noite aumenta em 60% seu risco de obesidade, aqueles que dormem por seis horas aumentam em 27% esse risco, e, quem dorme quatro horas ou menos, mais do que triplica seu risco de se tornar obeso no futuro.

Para que você entenda definitivamente o quais os malefícios de dormir pouco, irei falar sobre algumas das consequências que manter esse hábito em sua vida pode causar.

Falta de memória

Dormir pouco tem consequências negativas de curto e longo prazo na saúde, em especial no funcionamento da parte cognitiva do corpo. Com o sistema cognitivo afetado, a dificuldade para se concentrar e fixar conteúdo fica enorme. Os lapsos de memória são altamente prejudiciais nos campos do trabalho e estudos, atrapalhando na realização de provas, reuniões, apresentações.

Além de tudo, a desatenção causada pela falta de sono pode colocar em risco a vida do indivíduo criando situações perigosas no trânsito.

Infertilidade

Dormir pouco além de diminuir a libido, para quem está tentando engravidar, noites de sono irregulares podem ser um empecilho na vida das mulheres que querem engravidar, isso ocorre, pois, noites mal dormidas levam à redução da secreção de hormônios produtivos, que causam problemas na hora da concepção.

Menor Rendimento Físico

Dormir bem é essencial para obter energia durante todo o dia, e, muito de dormir bem, passa pela quantidade de horas de sono que seu corpo teve. O processo de regeneração dos tecidos cerebrais e físicos além da regeneração das células ocorre durante o sono, se não existe um descanso correto o rendimento físico e intelectual será afetado e seu corpo não funcionará na capacidade de 100%, afetando a prática de atividades físicas no dia seguinte, o que acarretará uma noite mal dormida construindo um ciclo muito prejudicial ao seu corpo.

Envelhecimento da pele

Não é mito aquela história de sono da beleza, realmente grande parte de ter uma boa pele passa pela noite de sono bem dormida. Além das olheiras, pele amarelada e olhos inchados, dormir pouco faz com que o corpo libere o hormônio do estresse em maior quantidade, quando isso acontece o colágeno que é o que a mantém a pele macia e elástica é quebrado tornando a pele envelhecida.

Transtornos Mentais

Dormir pouco traz malefícios para a mente! Pesquisas realizadas comprovaram que vários transtornos mentais estão ligados ao sono, ou melhor, a falta dele.

Dormir pouco pode causar disfunções no circuito cerebral, que é o responsável pelas emoções. Os sentimentos são produtos de interações que ocorrem em várias regiões do cérebro, nos hormônios e neurotransmissores, quando um desses sai do eixo o impacto nos outros é imediato, então se existe algum problema no circuito cerebral que cuida do sono as outras regiões serão afetadas.

Sistema de imunidade alterado

Durante o sono, o sistema imunológico trabalha na produção de citocinas de proteção e anticorpos para ajudar o corpo contra infecções e substâncias estranhas, como vírus e bactérias, tornando o corpo mais forte durante resfriados e gripes para que você se recupere o mais rápido possível. Se o sono não tem a duração suficiente, o corpo não consegue produzir a quantidade necessária de anticorpos e a imunidade abaixa consideravelmente, deixando o corpo suscetível a todo tipo de doença.

Doenças Permanentes

Parece mentira, mas dormir pouco pode trazer diversas doenças permanentes ao seu corpo, não dar importância ao sono pode causar consequências graves a longo prazo aumentando os riscos de: Obesidade e diabetes.

Existe uma ligação estreita entre a privação do sono e a alteração hormonal. Dormir menos de 6 horas aumenta a produção do hormônio grelina, que causa fome, e diminui a produção da leptina, que causa a sensação de saciedade, é por isso que quem dorme menos come mais, a alteração hormonal causada pela noite ruim influência nas escolhas dos alimentos, fazendo com que alimentos gordurosos e doces saltem aos olhos e sejam os escolhidos na hora das refeições, se isso se torna habitual a obesidade é um problema a ser lidado.

Uma doença bem perigosa que pode ser causada é a diabetes do tipo II, quem dorme pouco cria resistência à insulina fazendo com que o corpo não a utilize de forma eficiente, deixando as taxas de glicose elevadas e trazendo um problema permanente para sua vida.

QUAL A DURAÇÃO IDEAL DO SONO?

As pessoas reclamam que não dormem o suficiente, mas poucas sabem realmente quantas horas são suficientes para um sono reparador. O número ideal vai variar de pessoa para pessoa, algumas devido à rotina precisam de mais horas que outras e o fator idade também conta, quanto mais jovem maior o tempo de sono, devido à ajuda que o sono proporciona para os hormônios do crescimento. O importante é sempre separar um tempo para esse momento que é tão importante e pouco valorizado, cuide do seu sono e melhore sua qualidade de vida.

Se tiver problemas para alcançar as horas ideais para seu sono e fugir dos malefícios ocasionados pela falta dele, siga algumas dicas que costumam ajudar a pegar no sono com mais facilidade e nos conte o resultado!

  1. Certifique-se que o ambiente esteja propicio ao sono, feche cortinas, apague luzes e crie um momento relaxante, dessa forma o corpo entenderá que é hora de desligar.
  2. Crie uma rotina e se esforce para dormir nos horários adequados pelo menos, durante a semana.
  3. Evite o contato com aparelhos eletrônicos antes de dormir, eles deixam o cérebro agitado, retardando o sono, tente ler um livro ou ouvir uma música relaxante.

 

08/10/2018|Categories: Curiosidades|


Posts relacionados

Sono para gestante

Os problemas com o sono durante a gestação são absolutamente normais. Grande parte das gestantes terão algum tipo de transtorno nesse setor. No início, o problema é o sono excessivo...

Como evitar pesadelos

Na hora do sono o que todos querem é dormir bem e acordar com total disposição e descansado para o próximo dia. Porém, nem todo mundo consegue ter uma noite...

Quer conhecer mais sobre a tecnologia da Sono Quality, que proporciona mais saúde e qualidade de vida? Então, agende uma visita com um de nossos especialistas.

Quer ter uma história de sucesso?

Seja um representante Sonoquality