> > Composição do Sono

Composição do Sono

Durante a noite de sono, passamos por diferentes fases do sono e cada uma dessas fases realiza uma atividade que é fundamental para o funcionamento correto do organismo. A duração dessas fases são de aproximadamente 90 a 110 minutos e se repetem de quatro a cinco vezes por noite. Alguns estágios estão diretamente ligados à memória, concentração, aprendizado e, até mesmo, ao crescimento e nível de estresse. O sono é uma necessidade fisiológica que não pode ser evitada, onde o corpo se encontra em um estado de consciência alterada, proporcionando um momento relaxante e necessário. A privação do sono diminui em 25% a capacidade do indivíduo de realizar trabalhos mental e pode acarretar em prejuízos na capacidade de memorização, cognição e desempenho motor, além de problemas como irritabilidade, dores de cabeça e alterações no metabolismo.

Basicamente o sono é dividido em dois estágios que se subdividem em algumas fases, os estágios são: NREM, do inglês “Non-rapid Eye Movement” (movimento não rápido dos olhos), e REM, ou Rapid Eye Movement (movimento rápido dos olhos).

O sono NREM é responsável por aproximadamente 75% do sono de um indivíduo, e no quesito fisiológico é considerado tranquilo, com baixa frequência cardíaca e respiratória. Durante essa fase, podemos observar um aumento da atividade parassimpática e nos estágios que se subdividem nessa fase ocorrem alterações nos níveis de consciência.

Já a fase do sono REM, ocorre após o período de sono NREM e apresenta várias alterações fisiológicas tanto no sistema cardíaco quanto no respiratório, que tem sua frequência elevada assim como a pressão arterial e o fluxo sanguíneo cerebral. Durante essa fase do sono, ocorrem atividades cerebrais que agem como fator essencial para a fixação de memória e aprendizado. É durante essa fase que ocorrem os sonhos e ela representa 25% do total de sono em uma noite. A fase do sono REM é a mais profunda e é nesse momento que o corpo restaura seus níveis de energia, restaura os tecidos musculares e fortalece o sistema imunitário, proporcionando um corpo saudável e bem-disposto no dia seguinte.

Toda vez que alguém acorda durante a noite, interrompe as fases do sono e acaba voltando à etapa inicial, o que, consequentemente, interfere em alguns processos que ocorreriam nos últimos estágios

FASES DO SONO

Basicamente quando pegamos nos sonos começamos no estágio 1 e, se mantivermos um sono ininterrupto, chegaremos a fase mais profunda e importante, a fase REM. Em cada uma das fases o cérebro reage diferente e proporciona atividades variadas no corpo.

Fase 1

Essa fase ocorre naquele primeiro momento, onde você está tentando pegar no sono, e fica entrando e saindo do estado de consciência. É um sono bastante leve e qualquer movimentação poderá te acordar. O movimento do corpo e dos olhos desaceleram e pode ocorrer movimentos espasmódicos nas pernas ou em outros músculos. É na fase 1 que ocorrem os espasmos que causam as sensações de queda que acabam por proporcionar momentos de susto.

Fase 2

50% do seu tempo dormindo é passado nessa fase, nesse momento o movimento dos olhos para e as ondas cerebrais se tornam mais lentas, o corpo esfria e os músculos de fato começam a relaxar. Nessa fase também ocorrerá espasmos musculares e explosões de atividade cerebral chamados fusos do sono.

Fase 3

É a primeira fase do sono profundo, as ondas cerebrais são uma combinação de ondas lentas, mais conhecidas como ondas delta e ondas mais rápidas. No decorrer desse estágio pode ser muito difícil acordar alguém e quando acordado a pessoas se sente desorientada e fraca por vários minutos até obter sua consciência completa.

Fase 4

Essa é a segunda fase do sono profundo e a última antes do estágio REM. Aqui, o cérebro trabalha quase que exclusivamente com as ondas delta lentas, há uma grande dificuldade de acordar as pessoas que estão nessa fase. E, assim como a fase 3, essa tem importância essencial para como vai se sentir pela manhã, se as fases de sono profundo não forem satisfatórias, o corpo sentirá os reflexos no dia seguinte.

Fase REM

Os estágios anteriores a essa fase são necessários para o descanso e relaxamento do corpo, além da secreção do hormônio do crescimento para aqueles que ainda produzem, como crianças e adolescentes. Pessoas que tem distúrbios que causam a interrupção do sono, não conseguem alcançar a fase REM que é a ultima do ciclo e acabam possuindo sintomas de irritabilidade, falta de concentração, lapsos de memória que podem atrapalhar no rendimento do dia.

Cerca de 20% do nosso sono se passa na fase REM, nela a respiração se torna rápida, irregular e superficial, os olhos se movem rapidamente e os músculos ficam imóveis, há um aumento da frequência cardíaca e pressão arterial. Essa fase ocorre até 90 minutos depois de pegar no sono e à medida que os ciclos do sono passam e a hora de acordar se aproxima, mais tempo é gasto na fase REM e menos na fase de sono profundo, propiciando um despertar mais agradável.

Se o sono REM for interrompido o ciclo seguinte do sono vai ocorrer de forma desregulada e de má qualidade para seu corpo. Então se importe com qualidade do seu sono, é obrigatório para seu corpo que ele seja de qualidade, não uma opção.

BENEFICIOS DO SONO PROFUNDO

Cumprir todas as fases do sono e obter um ciclo ininterrupto pode trazer muitos benefícios para o corpo e a saúde, a seguir veremos todos os benefícios que um boa noite de sono pode oferecer para que você entenda a importância de reservar um tempo e local adequado para seu sono.

Libera hormônios

Durante as fases do sono o cérebro produz o hormônio de crescimento, a melatonina utilizada para indução do sono, a leptina que regula o metabolismo energético e o TSH que estimula a tireoide. Todos esses hormônios ajudam o corpo a obter um equilibro energético e maior bem-estar.

Previne doenças

Um boa noite de sono previne o organismo contra diversas doenças. Um sono reparador reduz o estresse e a ansiedade e diminui o apetite, evitando assim problemas como obesidade, hipertensão e colesterol.

Fortalece o organismo

O sistema imunológico é um dos que mais se beneficia com um sono reparador. A privação do sono, seja de forma involuntária ou voluntaria diminui a produção de leucócitos, que são as células que protegem o organismo, fazendo com o que o corpo fique mais vulnerável.

DICAS PARA UM BOM SONO

Como podemos ver, ter um sono profundo é muito benéfico para a sua saúde e para o dia a dia, proporcionando um dia mais produtivo e com menos irritabilidade e indisposição. Se você não consegue ter uma noite de sono adequada e de qualidade, seguem algumas dicas que podem ajudar, mas lembre-se que se os sintomas persistirem e se dormir continuar sendo uma dificuldade, procure um médico.

  • Crie um ambiente adequado para dormir, que seja limpo, escuro, sem ruídos e confortável.
  • Vá para a cama somente na hora dormir.
  • Tenha horários regulares para dormir
  • Não faça o uso de álcool, café, refrigerante ou bebidas energéticas
  • Não faça uso de medicamentos para dormir sem orientação médica.
  • Se tiver dormido pouco nas noites anteriores, evite dormir de dia

 

09/10/2018|Categories: Curiosidades|


Posts relacionados

Higiene do sono

Aprender e utilizar as regras da higiene do sono é uma forma de ajudar o organismo a ter um sono de qualidade e renovador, trazendo diversos benefícios nas suas horas...

Sono profundo

Durante a noite de sono, passamos por diferentes fases do sono e cada uma dessas fases realiza uma atividade que é fundamental para o funcionamento correto do organismo. A duração...

Dormir bem no calor

O que todos mais querem é ter uma noite de sono tranquila e conseguir descansar por toda noite, mas uma grande missão é dormir bem no calor. São inúmeros incômodos...

Quer conhecer mais sobre a tecnologia da Sono Quality, que proporciona mais saúde e qualidade de vida? Então, agende uma visita com um de nossos especialistas.

Quer ter uma história de sucesso?

Seja um representante Sonoquality