> > Insônia

Insônia

Os distúrbios do sono atingem várias pessoas de diferentes idades, esses distúrbios podem causam diversos problemas voltados para qualidade do sono que atingem a saúde física e mental do paciente. Alguns distúrbios do sono são:

  • Bruxismo;
  • Insônia;
  • Apneia do sono;
  • Narcolepsia;
  • Paralisia do sono;
  • Sonambulismo.

Hoje vamos falar sobre a insônia, um problema que atinge 1 a cada 5 pessoas e que, com tratamento adequado, pode ser resolvido com eficiência. Esse distúrbio é caracterizado pela dificuldade em pegar no sono ou de ter um sono contínuo e renovador e pode estar ligado a fatores externos ou internos, depende de cada pessoa, pode ainda ser primária, que acontece por si só, ou secundária, que aparece como sintoma de alguma doença ou efeito colateral de alguma substância.

A insônia pode ocorrer em três formas, classificadas de acordo com sua duração ou frequência, podendo ser;

  • Intermitente: que acontece em curta duração e pode aparecer de tempos em tempos, durante o período sem insônia, o sono ocorre de forma regular;
  • Transiente: é o caso onde dura apenas alguns dias e pode durar até 3 semanas;
  • Crônica: é o distúrbio de longa duração, ultrapassando o tempo de 3 semanas.

SINTOMAS

O paciente com insônia pode levar mais de 30 minutos para conseguir adormecer e, ainda assim, acordar várias vezes durante a noite ou dormir por menos de seis horas, mas a falta de sono não é o único sintoma desse distúrbio, os sintomas que podem ser apresentados são:

  • Dificuldade para adormecer;
  • Acordar durante a noite;
  • Cansaço ou sonolência durante o dia;
  • Irritabilidade, depressão ou ansiedade;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Despertar muito cedo;
  • Dores de cabeça localizada;
  • Risco de acidentes;
  • Dificuldade de concentração;
  • Esquecimento;
  • E outros.

CAUSAS

Como já foi dito, a insônia pode ser causada por fatores internos ou externos de cada pessoa, isso deve ser analisado caso a caso, para saber se o tratamento pode ser algo simples ou de maior complexidade. As causas podem ser:

ESTRESSE

Preocupações do dia a dia, como no trabalho, família, saúde, podem fazer com que a mente fique ativa durante a noite, dificultando a chegada do sono. Fatores estressantes podem impedir que o corpo consiga desligar totalmente dos problemas e tenha um sono de qualidade. Normalmente, quando essa é a causa do distúrbio, este dura pouco tempo, visto que os problemas são passageiros e não prejudicarão o sono durante muitos dias.

IDADE

Com o passar da idade o relógio biológico sofre diversas alterações, assim, uma pessoa idosa tem um sono bem mais leve que um adolescente, por exemplo. A insônia pode ocorrer em pessoas de várias idades, a depender da condição de cada um, quando mais velho é comum que desenvolva alguns fatores de saúde que possam interferir no sono, como a menopausa, o aumento da próstata e situações que fazem com que a pessoa desperte durante a noite e tenha maiores dificuldades para dormir.

CONDIÇÕES MÉDICAS

Outra causa pode ser alguma condição médica que a pessoa está passando, seja essa duradoura ou não, dor crônica, necessidade de urinar com frequência ou dificuldade para respirar pode causar dificuldades em se alcançar um bom sono e levar à insônia, por exemplo:

  • Câncer
  • Doença pulmonar
  • AVC
  • Refluxo
  • Artrite
  • Insuficiência cardíaca
  • Parkinson
  • Alzheimer

ANSIEDADE

A ansiedade, seja ela uma ansiedade diária ou um transtorno grave, pode atrapalhar a qualidade do sono. Até mesmo a preocupação com a dificuldade em dormir pode levar ao prejuízo do sono, inclusive à insônia.

DEPRESSÃO

A depressão também pode ser uma causa, pois, a depressão pode causar tanto excesso de sono quanto a falta dele, isso depende de como cada pessoa vai reagir, mas, quando causa a falta de sono, leva ao distúrbio da insônia.

ALIMENTAÇÃO

A alimentação pode ser um fato que influencia em diversas áreas da saúde, inclusive na qualidade do sono, que é um dos pilares da boa saúde, por isso é de extrema importância cuidar da alimentação, principalmente quando se apresenta distúrbios do sono. Chá, cafeína, refrigerante e demais bebidas que levam café em sua composição podem desencadear a insônia, por exemplo, ao consumir cafeína à noite, antes de dormir, vai prejudicar o inicio do sono, assim como a nicotina e o álcool, este último difere, pois, apesar de provocar sonolência, pode impedir que a pessoa alcance os estágios profundos do sono.

MEDICAÇÃO

Pessoas que fazem uso de certos medicamentos também podem ter problemas para adormecer, o uso de remédios como antialérgico, estimulantes, corticosteroides, remédios de controle da pressão arterial, remédio com cafeína na composição, e outros, podem prejudicar o sono e, por isso, é ideal praticar hábitos que auxiliem no aumento do sono.

ESTILO DE VIDA

O estilo de vida de cada pessoa pode influenciar o sono de maneira positiva ou negativa. A alteração no horário de trabalho pode fazer com que mude o ritmo cardíaco e altere o relógio biológico, assim, dificulta o inicio do sono de maneira correta. Além disso, maus hábitos do sono pode acarretar no desenvolvimento da insônia, dormir e acordar em horários diferentes, dormir em lugares não agradáveis ao sono, praticar atividades estimulantes antes de dormir e outras atitudes que podem dificultar para iniciar o sono ou atrapalhar que o sono seja duradouro e renovador.

PESSOAS COM FACILIDADE A INSÔNIA

A insônia é um distúrbio que pode atingir qualquer pessoa, em qualquer idade, porém, algumas pessoas estão no “grupo de risco” que engloba grupos de pessoas que desenvolve esse distúrbio em maior número. São eles:

  • Trabalhador de diversos turnos: pessoas que trabalham em turnos diversos não conseguem, nem podem, criar um horário fixo para dormir e acordar, assim, desenvolve maiores problemas para pegar no sono;
  • Viajantes: pessoas que viajam muito, seja por trabalho ou lazer, passam por diversas mudanças de horários constantes, por conta do fuso horário, com isso, tendem a sofrer com o sono;
  • Usuário de drogas: quem usa drogas estimulantes pode ter muitos problemas para dormir enquanto usam, pois ficam agitados, já aqueles que usam drogas depressoras, sofrem de insônia durante a abstinência;
  • Mulheres: ainda não há uma explicação científica, mas, naturalmente, as mulheres tendem a ter mais problemas com esse distúrbio do sono do que os homens;
  • Idosos: idosos costumam sofrer de insônia tanto por condições médicas, pelo uso constante de medicamentos e, também, por questões psicológicas;
  • Mulheres durante a gravidez ou menopausa: neste caso, as mulheres desenvolve o problema com sono visto que a mudança de hormônios pode dificultar no adormecer e na qualidade do sono.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

Se uma pessoa apresentar os sintomas da insônia, é importante procurar um médico para que seja feito o diagnóstico correto e que possa tratar de maneira eficaz. A insônia pode ser diagnosticada por acompanhamento do sono, questionário médico e análises clínicas.

Ao ter o diagnóstico, poderá começar o tratamento correto, que será feito a depender do grau em que o distúrbio atinge cada pessoa. Alguns precisam de medicamentos para restaurar o padrão do sono saudável, já em casos mais tranquilos, apenas a mudança de hábito pode mudar a qualidade do sono e tratar do distúrbio.

DICAS

Mudanças de hábitos podem ajudar muito na regularização do sono, por exemplo:

  • Crie um horário fixo para dormir e acordar;
  • Pratique atividades relaxantes antes de dormir;
  • Evite luzes ao dormir;
  • Evite cafeína, nicotina, álcool e fazer exercícios pesados antes de dormir;
  • Evite mexer em aparelhos eletrônicos antes de dormir;
  • Evite ter cochilos muito longos durante o dia, para que não atrapalhe o sono da noite;

Lembrando que é muito importante procurar um médico para que faça o tratamento de forma correta e não realize medicação por conta própria. Cuidar da qualidade do sono é muito importante para a saúde física e mental e para o bom funcionamento de todo o organismo. 

09/10/2018|Categories: Curiosidades|


Posts relacionados

Benefícios do cochilo

Provavelmente você já ouviu, ou vai ouvir, alguém dizer que cochilar a tarde pode atrapalhar sua noite de sono, mas não pense que essa pessoa tem toda razão, pois cochilar...

Pets na cama

Um hábito que vem se tornando cada vez mais frequente e comum é o fato de colocar os pets na cama de seus donos. Os animais nunca fizeram tão parte...

Sono excessivo

Todo mundo já dormiu mais do que deveria algum dia e ainda sim acordou com sono, ou durante o dia precisou tirar um cochilo pois a sonolência estava insuportável, é...

Quer conhecer mais sobre a tecnologia da Sono Quality, que proporciona mais saúde e qualidade de vida? Então, agende uma visita com um de nossos especialistas.

Quer ter uma história de sucesso?

Seja um representante Sonoquality