> > Sono de má Qualidade

Sono de má Qualidade

Uma boa noite de sono é parte essencial de um bom dia de trabalho, estudo e até mesmo de lazer. Obter um sono de qualidade traz alivio do estresse, regulação do metabolismo, aumento da capacidade concentração e até mesmo auxílio na perda de peso.

Não é nada surpreendente os sintomas de mal-estar que acomete pessoas que possuem problemas para dormir. Os distúrbios do sono são problemas de diferentes origens que afetam a capacidade de dormir de forma adequada e acabam afetando de forma negativa a saúde, o corpo e a mente. Uma noite mal dormida reflete no cansaço do dia a dia, e os distúrbios de sono são causas de uma série de problemas de saúde.

O sono possui quatro fases e cada uma delas é responsável por uma atividade e uma reação diferente no corpo, dificuldades em qualquer uma dessas fases pode trazer grandes malefícios a curto e longo prazo, afetando o indivíduo de forma física e mentalmente. Pessoas que sofrem com distúrbios do sono acabam aumentando suas chances de desenvolver doenças como hipertensão e diabetes.

DISTÚRBIOS DO SONO

Como vimos, os distúrbios do sono são problemas que ocorrem durante alguma das fases do sono, impossibilitando o descanso necessário, e possuem diferentes origens para sua causa, a seguir trataremos de alguns dos mais conhecidos distúrbios do sono.

Insônia

É o distúrbio do sono mais comum, que acomete a maior número de pessoas. Consiste basicamente na dificuldade em pegar no sono ou despertar com muita facilidade durante toda a noite e não conseguir mais dormir. Acarretando às pessoas dificuldade de concentração, irritabilidade, cansaço e alguns outros sintomas no dia seguinte. Esse problema durante o sono pode ser transitório ou perdurar por alguns meses. Quando persiste por mais de três meses, em três ou mais noites por semana, a insônia passa a ser considerada um distúrbio e deve ser avaliada e tratada.

Pesadelos

Esse distúrbio do sono é mais comum entre crianças e adolescentes, mas podem afetar muitos adultos e comprometer o descanso. Os pesadelos costumas ocorrer durante a fase três do sono, 90 minutos depois de dormir, e pode interromper o ciclo correto do sono fazendo com que a pessoa tenha despertares bruscos e não obtenha um sono revigorante.  

Apneia do sono

Esse distúrbio ocorre quando, durante a noite, a pessoa sofre interrupções nas vias aéreas causadas por uma diminuição no espaço da faringe (tubo pelo qual entra o ar que respiramos) e a pessoa deixa de respirar entre 10 a 60 segundos durante o sono, causando ronco, dor de cabeça ao acordar e cansaço excessivo durante todo o dia. Nesse caso a visita ao um médico é mais do que necessária, pois pode acarretar graves problemas no sistema cardíaco.

Narcolepsia

Esse distúrbio do sono afeta a linha entre o sono e a vigília, fazendo com que a pessoa sinta fadiga e sono na maior parte do dia, e acabe dormindo no meio de atividades consideradas corriqueiras, trazendo muito perigo ao dia a dia do indivíduo. Os sintomas de quem possui esse distúrbio são paralisia e alucinações que também ocorrem no meio de uma atividade ou mesmo em situações mais passivas. 

Bruxismo

O bruxismo é o apertamento ou ranger dos dentes que costuma ocorrer durante o sono, mas que também pode acontecer durante o dia. É associado a problemas articulares (problemas na articulação temporo-mandibular) e é mais frequentemente associada a estresse e ansiedade, que são fatores que podem aumentar os episódios.

Pode levar ao desgaste dos dentes, a dores na região da mandíbula ou a dores de cabeça e atrapalhar o sono, causando problemas de cansaço e irritação no dia seguinte.

Distúrbio de comportamento do sono REM

Esse distúrbio do sono ocorre quando, durante a noite, o indivíduo faz movimentos agressivos e violentos na fase do sono REM. Esses movimentos acontecem porque, neste distúrbio, existe um defeito no mecanismo natural que permite a inibição muscular e propicia momentos de espasmos musculares.

Acontece geralmente em homens de meia idade e pode ser associado a um aumento do risco de doenças neurodegenerativas ao longo dos anos

Enurese noturna

A enurese noturna pode ser definida como uma micção involuntária durante o sono, pelo menos duas vezes por semana, em uma idade na qual o controle da urina normalmente está presente e o indivíduo acaba passando por situações muito vergonhosas.

Este tipo de distúrbio do sono pode ocorrer tanto por causas genéticas quanto por motivações psicológicas, atraso no desenvolvimento do mecanismo fisiológico responsável pela micção, redução da capacidade funcional da bexiga, anormalidades no trato urinário ou na produção noturna do hormônio antidiurético e até dificuldades para despertar e ir ao banheiro.

TRATAMENTO

Se você possui algum desses distúrbios do sono ou alguma dificuldade relacionada ao sono, fique tranquilo, existem tratamentos para os distúrbios. Você deverá procurar um médico especializado no sono ou um clínico geral. Chegar a consulta com todas as informações em mãos pode auxiliar o médico no diagnóstico, então é importante já listar todos os sintomas que possui e informar o histórico médico, informando, por exemplo, se toma medicamentos controlados ou suplementos, dessa forma o médico poderá alcançar o diagnóstico de formam mais rápida. Uma vez estabelecido o diagnóstico existe várias opções de tratamento, seja medicamentoso, seja através de terapias cognitivo-comportamentais, o que é indispensável é o acompanhamento médico adequado que indicará o melhor tratamento com o objetivo de sanar os seus problemas de forma eficaz para que você possa ter um sono revigorante e uma melhor qualidade de vida. No tocante aos medicamentos, atualmente dá-se preferência aos medicamentos que não provocam dependência e poderiam ser reduzidos ou retirados futuramente

MEDICAMENTOS PARA DISTÚRBIO DO SONO

É importante ressaltar que os medicamentos devem ser indicados por um médico após o completo diagnóstico e o enquadramento em um dos distúrbios do sono, somente ele poderá saber qual o medicamento mais adequado para o seu caso, a dosagem correta e o tempo de duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do médico e não interrompa o uso do medicamento de forma precipitada sem consultar um médico.

CUIDANDO DO SONO

Os distúrbios do sono podem acarretar diversos problemas no dia a dia, como vimos durante o texto, e além do tratamento feito com a indicação de um médico especializado, buscar algumas alterações de hábitos podem auxiliar de forma positiva a busca da melhora. Mudanças essas que podem ser:

  • Usar cortinas, blackouts, máscara para os olhos e protetores de ouvido para evitar que estímulos externos como luzes e sons atrapalham seu sono;
  • Ter horários fixos para se deitar e acordar;
  • Comer alimentos leves durante a noite;
  • Acalmar a mente a partir de técnicas como a meditação
  • Fazer atividades relaxantes antes de dormir, como tomar um banho morno, tomar um chá ou ouvir música calma;
  • Evitar cafeína, nicotina, álcool, certos medicamentos e fazer exercícios durante o dia;
  • Evitar é o uso de telas de aparelhos eletrônicos logo antes de dormir;

 

09/10/2018|Categories: Curiosidades|


Posts relacionados

Durmo pouco, devo me preocupar?

Uma noite bem dormida faz parte dos pilares de uma boa saúde, mas poucas pessoas cuidam do sono como deveria e, na maioria das vezes, isso ocorre por não ter...

Quer conhecer mais sobre a tecnologia da Sono Quality, que proporciona mais saúde e qualidade de vida? Então, agende uma visita com um de nossos especialistas.

Quer ter uma história de sucesso?

Seja um representante Sonoquality